Vergonha na Capital Política

O ex-Prefeito de Lages Elizeu Mattos, denunciado pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) pelos crimes de organização criminosa, fraude à licitação e corrupção passiva, foi condenado em primeira instância a penas que somam 24 anos, quatro meses e 13 dias de prisão, além da perda do cargo público de assessor partidário na Assembleia Legislativa de Santa Catarina e pagamento de multa.                                                                                                                                                   Os crimes foram apurados a partir da Operação Águas limpas, desenvolvida pelo GAECO em 2014. As investigações demonstraram que o então Prefeito liderou uma organização criminosa formada por servidores municipais e empresários com a finalidade de manter o vínculo contratual da empresa Viaplan Engenharia com a Secretaria Municipal de Águas e Saneamento (SEMASA), mediante o recebimento de propina mensal.                                                                                                                                                                                    Conforme ressalta o Juízo da 2ª Vara Criminal da Comarca de Lages na sentença, as provas reunidas pelo GAECO durante a investigação preliminar demonstraram, de maneira inequívoca, a atuação da organização criminosa formada por agentes públicos e representantes da empresa, capitaneada pelo então Prefeito de Lages, no âmbito da administração pública municipal.                                                                                                                                                            Para o cidadão lageano e catarinense que tinha Lages como a capital catarinense da política, tais fatos trazem vergonha ao município, principalmente depois de políticos como Vidalzinho, Celso e Nereu Ramos.

Chapecó cheira a política.

Prefeito de Chapecó que repetir o feito de Lages, que se uniu e elegeu um governador. Está conclamando todo o oeste para estar presente neste sábado para o lançamento de Gelson Merísio (PSD), ao governo do Estado. Merísio precisa deste gesto para oxigenar sua candidatura. Lá deverão estar representantes dos demais partidos que estão juntos neste início de caminhada como o PP e o PSB. Ausência mais sentida deve ser do deputado Esperidião Amin (PP), que iria nas datas anteriores mas que neste final de semana tem o batizado da neta Catarina.

Na Câmara tudo vira pizza

Primeiro foi a denúncia contra o vereador Vone (MDB), que foi arquivada e agora a denúncia contra o vereador Jair Junior (PSD), foi transformada em advertência . Jair Jr estava sendo acusado de na CPI da Infelicidade , ter conseguido gravações ilícitas. Agora com a advertência fica livre para novas denúncias e tudo vira pizza.

Das Leoas e nosso Inter.

Nosso time de futsal feminino, as Leoas da Serra, jogaram em plena Festa do Pinhão pela Copa do Brasil, em Lages. Jogando no Jones nossas meninas não passaram de um empate em 1 X 1 contra o Cianorte, time que é campeão brasileiro universitário. Agora os dois times voltam a se enfrentar no próximo sábado, dia 9, em Cianorte. Quem vencer fica com a vaga, e o empate leva a decisão para prorrogação e pênaltis.                                                                                                          Já o nosso Inter joga segunda-feira às 20:00 no Tio Vida contra o Uberlândia, pela segunda fase do Campeonato Brasileiro da série D. Vamos todos mesmo com frio ao Tio Vida.