Calma muita calma….

“Muita calma nesta hora “, já dizia a frase famosa. Faltam apenas 3 dias para as eleições. As brigas em grupos de famílias e amigos no WhatsApp já são resultados certos na eleição de 2018 no Brasil.                                                                                       Quanto mais perto da votação, mais gente fala sobre os barracos nesses grupos e sobre sair deles. Controlar a impulsividade no uso das mídias sociais é uma das soluções.                                                                                                                      Como as conversas no WhatsApp são privadas, é difícil medir a discórdia entre amigos e familiares. Mas a tendencia  dá um sinal de aumento de brigas e ainda de um  êxodo dos grupos no meio de tanto barraco. Alguns conselhos :

  1. Não se consumir no celular – “Antes de tudo, é preciso aprender uma medida de uso dessas mídias. Nós estamos encantados com elas e usamos muito mais do que seria proveitoso. É preciso pensar no quanto usar de energia e tempo com elas.”
  2. Insistir na tolerância – “O fato de sair do grupo não vai fazer você amadurecer. Você amadurece é na conversa. Às vezes dá um embrulho no estômago de pensar nisso, mas é preciso. Se possível, deve-se sustentar mais na discussão, sem sair no primeiro conflito.”
  3. Agressão é o limite – “Se você mesmo acha que a melhor resposta é atacar pessoalmente o outro, é melhor sair do que agredir e xingar. Este limite tem que existir.”
  4. Entender laços de família – “Em família há outros assuntos velados. A política é usada para mapear questões anteriores, de vínculos profundos. Remete aos ‘barracos’ de Natal. É mais passional e primitivo. É preciso ter consciência que o estrago de uma briga é maior, mas também o motivo para recompor a relação depois.”
  5. Pensar no dia seguinte – “É preciso lembrar que vamos conviver depois das eleições. Quando passa a paixão, alguns vínculos são recuperados. Não dá para queimar todas as pontes, porque para reconstruir pode ser complicado. Comece se perguntando em como você pode estar sendo intolerante.”

Revitalização do centro

Na última sexta feira foi conhecida a empresa que venceu a licitação para tocar as obras de revitalização do centro. Entre duas , a Terra Engenharia foi a vencedora. É a mesma empresa que esta fazendo o mesmo tipo de serviço no Mercado Municipal. Ao valor de 13 milhões , a empresa tem dois anos para executar a obra. É mais uma obra que estava parada e agora na atual administração é retomada a exemplo do Ponte Grande, UPA e Mercado Público.

Calor no Rio

A bailarina Aline Riscado aproveitou o sol e as altas temperaturas registradas no Rio de Janeiro para curtir um dia ao lado das amigas , na praia da Barra da Tijuca. De biquíni florido, a dançarina exibiu sua excelente forma e se refrescou no mar e na ducha, sendo flagrada pelas lentes dos paparazzos.

Estrada da Coxilha Rica

A estrada que está sendo asfaltada na região da Coxilha Rica, interior do município de Lages, vai favorecer aos produtores de soja, gado e madeira, naquilo que já está sendo considerada a nova fronteira agrícola do Estado. Para os que não gostam de Lages, e que são contra a obra resta apenas se lamentar. Mesmo com a mudança de Governador, como os recursos são irreversíveis, a obra esta andando sim.

Cooperativa na Coxilha

São duas cooperativas ali instaladas que estão recebendo a produção da região. Um hotel fazenda também esta sendo construído, em uma das regiões mais bonitas do Brasil.