Denúncia é arquivada.

A partir de denúncia feita pelo então radialista Kiko Ranzolin no programa Boca no Trombone da Rádio Menina, o vereador Osni Freitas (PDT) e o advogado Alian Pinto Schlemper protocolaram denúncia na 5ªPromotoria do MPSC.

Eles pediam investigação sobre o fato do prefeito Antonio Ceron fazer parte de conselho fiscal da Casan e Celesc, sob alegação de que a função de prefeito exige dedicação integral, além iminente conflito de horários na agenda. De imediato foi instaurado o procedimento investigatório, informado Ceron sobre o feito para apresentar informações e, ao final, à luz daquilo que decidem os chamados Tribunais Superiores, a denúncia foi arquivada. A Promotoria determinou inclusive a publicidade de estilo àquilo que se encaminhou:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *