Processo de Cassação

Tudo começou com uma  denúncia do secretário Mario Hoeller de Sousa contra o vereador Jair Júnior (PSD), acusando-o de quebra de decoro. Isso decorrente do conteúdo do relatório final da CPI da Infelicidade. Conforme o rito, o vereador deveria apresentar defesa e, após essa peça ser analisada, o assunto ter o rito sequencial. Nesta segunda-feira, 02, Jair Júnior apresentou a defesa . Em seguida  o presidente Luiz Marin (PP), leu o documento, a denúncia foi lida em plenário.                                                                                                                                                   O vereador Jair chegou a levar alguns simpatizantes para o plenário, para apoiá-lo, mas ao perceber a celeridade do processo chegou a chorar. Ao usar a tribuna afirmou: ” Eu não dependo da política para viver”.                                                  Como o processo de cassação é um processo político, só os adversários que o vereador arrumou no plenário seriam suficientes para lhe tirar o restante do mandato. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *