Os Mesmos

Há sete eleições, a composição do Congresso Nacional sempre muda praticamente pela metade. O restante de vagas fica por conta de figurinhas carimbadas que conseguem se reeleger.                                                                                                                                   Da última vez, 2014, os brasileiros elegeram o parlamento mais conservador desde a ditadura, com o maior número de representantes ligados a bancada militar, religiosa, e ruralista, por exemplo. E a expectativa, nestas eleições, é de que 90% dos atuais deputados federais tentem a reeleição, contra 75%, nas últimas eleições.                                                                                                                          Para os analistas, pelo menos 90% dos atuais deputados vão disputar às eleições. E os 10% que vão desistir ou concorrer a outros cargos serão substituídos majoritariamente por parentes, seja esposa ou marido, filho, pai, mãe, etc. De modo que há tendência também de crescimento da bancada de parente.                                                                                                                                                               Com tanta investigação, muito político vai tentar se reeleger pra não perder o foro. Além disso, o tempo de campanha está bem menor, caiu de 90 para 45 dias – menos tempo de vitrine para os novatos na política. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *