A cartinha e a mágoa.

Prezado amigo Edson Varela, desculpe por ter te magoado com o comentário a respeito da cartinha do LHS. Primeiramente eu não tenho a obrigação de agradar ninguém, muito menos o PMDB. Na verdade fiz um comentário sobre dados concretos, a cartinha do LHS e a pesquisa Ibope/Rbs. Sobre a cartinha tenho minhas dúvidas se realmente foi escrita pelo autor, pois ele é um dos maiores estrategistas da política barriga verde, e a carta, em minha modesta opinião, deixa muito a desejar. Parece aquelas normas internas de quartel. Com relação ao casal Amin, por quem tenho o maior respeito, me baseio única e exclusivamente nos dados da pesquisa. Em um cenário, Angela Amin aparece na corrida ao senado com 18%, na frente e em outro cenário Esperidião aparece na frente com 24 %. Portanto são dados concretos. Vou mais ainda. Perguntei ao Esperidião Amin, na sexta-feira em Lages, caso se concretize a tríplice aliança PSD/PMDB/PP, quem deveria ser o candidato do PP ao senado, e ele me respondeu que por méritos, deveria ser o Joares Ponticelli. Tenho o maior respeito por políticos como Esperidião, LHS, Angela Amin, Jorge Bornhausen e Raimundo Colombo, mas não posso deixar de comentar quando  algum deles da uma derrapada. Creio que o Raimundo candidato deve apostar tudo nesta tríplice aliança, mas depois dos números do Ibope, deve estar bem mais tranquilo. Obs: em seu blog Cacau Menezes fala hoje sobre o mesmo tema que abordei ontem.

Publicado em Política por admin. Marque Link Permanente.

Sobre admin

Paulo Marques é formado em Administração de Empresas pela FAE/PR e em Direito pela UNIPLAC. No jornalismo, atua desde os anos 90, com passagens pelas rádios Clube, UDESC FM e 101 FM. Na televisão, passou pelas tvs SCC, Tele Câmara, TV Univest e Nova Era TV. Escreveu para vários jornais de Lages e de Curitiba/PR.

2 pensou em “A cartinha e a mágoa.

  1. Esse pelo menos não é chapa branca como a maioria dos bloquistas da cidade. Tem bloquista ganhando 3.000,00 p mês só p elogiar essa desadministração. O MP podia dar uma olhada nesses gastos excessivos com mídia. Tem lugar que pintaram uma escola e chega a ter 4 placas de propaganda na mesma “obra”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.