Audiência Pública.

Servidores continuam em estado de greve

Servidores continuam em estado de greve

Vereadores de situação que se recusaram em aprovar audiência pública para debater a situação financeira do município, aprovaram três requerimentos neste sentido: Discussão de criação do Conselho Municipal da Juventude; Som automotivo na busca da redução dos conflitos; Fomento ao voo livre como fonte de turismo e renda em Lages. Portanto após a realização destas audiências talvez possamos ter noção de nossa realidade financeira. Até lá ficamos na dúvida. Por conta disto o Simproel em campanha na TV e outdoors pretende explicar o porque do estado de greve.

Publicado em educação por admin. Marque Link Permanente.

Sobre admin

Paulo Marques é formado em Administração de Empresas pela FAE/PR e em Direito pela UNIPLAC. No jornalismo, atua desde os anos 90, com passagens pelas rádios Clube, UDESC FM e 101 FM. Na televisão, passou pelas tvs SCC, Tele Câmara, TV Univest e Nova Era TV. Escreveu para vários jornais de Lages e de Curitiba/PR.

1 pensou em “Audiência Pública.

  1. Que absurdo issso. E refrescando a memória que alguns deles são funcionários publicos… não defendem nem os colegas….Somente fazem o que o Rei manda. doa onde doe…mas vamos atender ao Rei.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.