Base na Assembléia não dá segurança.

Governador Raimundo Colombo deseja efetuar uma reforma administrativa. Para isto necessita de segurança da base de apoio na Assembléia Legislativa, de que o projeto passa. Em entrevista ao DC neste final de semana ele falou a respeito:                                    “As dificuldades são de ordem política. Há uma incompreensão da classe política em fazer os enfrentamentos. Percebi que não adianta jogar a bomba para dentro da Assembléia. Estamos  assim, num caminho mais difícil e demorado, conversando com as pessoas envolvidas. Procuramos explicar que não se trata de reforma do governo e nem de ajuste das contas do governo  que, graças a Deus, estão controladas. Queremos fazer uma reforma para salvar o EColomboDiplomastado, para prevenir gerações. Vamos reunir servidores públicos e setores do governo para mostrar as medidas que precisam ser adotadas e pedir a colaboração.. Aí mandar para a Assembléia as propostas mais ou menos harmonizadas e avançar”.

Publicado em Política por admin. Marque Link Permanente.

Sobre admin

Paulo Marques é formado em Administração de Empresas pela FAE/PR e em Direito pela UNIPLAC. No jornalismo, atua desde os anos 90, com passagens pelas rádios Clube, UDESC FM e 101 FM. Na televisão, passou pelas tvs SCC, Tele Câmara, TV Univest e Nova Era TV. Escreveu para vários jornais de Lages e de Curitiba/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.