Candidata a musa

 

Brittany Howard é, cada vez mais, uma das grandes mulheres e artistas deste século. Famosa por seu trabalho com a banda Alabama Shakes, que inclui múltiplas vitórias no Grammy Awards, a cantora resolveu criar um novo capítulo muito mais pessoal e visceral com seu primeiro disco solo, lançado recentemente

Jaime  (nome do disco) traz a sensibilidade e o diálogo de Brittany sob uma perspectiva diferente; cansada de ser a porta-voz de grupos e bandas, a americana assume seu novo posto com maestria. Nas composições e nas execuções, a sinceridade de Howard está presente no disco inteiro, transmitida em cada uma das canções.                                                                                                                            A  influência da música sulista dos EUA é notável, até pelas raízes da cantora — que nasceu filha de um pai negro e uma mãe branca em uma cidade conhecidamente racista. Inclusive, o diálogo com o preconceito e com as possibilidades de sua luta é constante no álbum. Eu recomendo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.