HMTR só na eleição

Audiência pública na Câmara de Vereadores para tentar abrir a nova ala do Hospital Tereza Ramos, não foi o esperado. Com a falta de leitos na região, a esperança era que o Secretário Estadual da Saúde, Helton Zeferino, anunciasse abertura para este ano ainda. Mas segundo o Secretário da Casa Civil, primeiro será feita uma auditoria. Segundo os secretários se tudo correr bem , no final de 2020 existe a possibilidade da inauguração. Como em outubro de 2020 tem eleição e o governador já escolheu seu candidato, o vereador que marcou a audiência, deveremos ter a obra inaugurada poucos dias antes da eleição do próximo ano.

Sem leitos

Impressionante a falta de leitos de UTI em Lages. Com uma população de quase 300 mil habitantes na região serrana, atentidos pelos hospitais de Lages, é inconcebível termos sómente algo em torno de 20 leitos de UTI disponíveis. Enquanto isto a nova ala do HGMTR continua fechada.

Sem UTI

Considerações sobre a CPI

Fui tomado por uma grande raiva. Porque a realidade não é aquilo que os vereadores escreveram. Maurício (Batalha), por exemplo, bem ou mal já trabalhou na Saúde. Ele sabe, ou deveria saber, que vivemos focados 100% e não estamos infalíveis ao erro. Lucas era outro de quem não esperava a raivinha para se promover e tentar virar prefeito. Pense no risco de uma Lages ser administrada por esse tipo de gente. E o Jair é caso perdido”.                                                     Texto acima foi publicado no blog de Edson Varela, segundo manifesto de uma pessoa ligada à saúde de Lages. Li, reli, gostei e repasso.

Autismo

Imagem

A deputada federal Carmen Zanotto  ( Cidadania) está comemorando a sanção pelo presidente Bolsonaro, da lei de autoria da deputada que inclui autistas nos censos demográficos. A inclusão inédita de dados oficiais de autistas vai fortalecer políticas públicas na saúde, assistência social e educação. A estimativa é que dois milhões de pessoas tenham o Transtorno do Espectro Autista no Brasil . A lei valerá para o Censo 2020.

Carmen e Amin em Brasília

Nada mudou

Após a audiência em Lages, na terça-feira, o Governador Carlos Moises marcou reunião emergencial na Secretaria do Estado da Saúde, na quinta-feira . O vice-prefeito Juliano Polese e alguns vereadores se deslocaram para a capital  para tratar sobre a atual situação do Hospital Tereza Ramos e da saúde em Lages.

Na conversa, os lageanos ouviram o compromisso do Governo do Estado em discutir e dar uma resposta, dentro de uma semana, sobre a possibilidade de ampliação dos leitos de retaguarda do Hospital Tereza Ramos (com a reabertura de alguns leitos do 5º andar) como forma de atender a demanda de pacientes do Pronto Atendimento Tito Bianchini. O secretário da saúde, Helton Zeferino, também garantiu que o Hospital de Curta Permanência no HTR entrará em funcionamento em dez dias.

Sobre a nova torre do Tereza Ramos, o secretário disse que o Governo ainda está avaliando o que nela vai funcionar, além da quantidade de profissionais que serão necessários. No entanto, não deu um prazo para esta questão ser definida.

Juliano Polese e vereadores

Na saúde

Santa catarina recebeu R$ 30 milhões liberados pelo ministro Mandetta, exatos R$ 1.992.000,00 se destinam para Lages. Pouco mais de R$ 1 milhão para convênio com a Secretaria da Saúde. E o restante para o Hospital Tereza Ramos implementar programa. Prefeito Antonio Ceron esteve em Floripa para receber a verba.

Prefeitura entrega ordem de serviço

Prefeito Antonio Ceron entregou na manhã desta quinta-feira, a ordem de serviço para as obras de transposição de esgoto na Av.Duque de Caxias. Serão sete pontos que não afetarão o asfalto. O custo total da obra será de 445 mil reais e será executado pela empresa Águas do Planalto. Iniciando em janeiro as obras deverão estar concluídas até março.