Mais um amigo

Semana dura de perda de amigos , faleceu o Pagani, a Sandra Oneda, o Daniel Lucena e o Zezé do Inter. José Carlos Suzin era um grande cara, ex -atleta, corretor de imóveis e um intelectual. Gostava de se reunir com os amigos, tomar uma gelada e bater uma bolinha. Gostava de ler e foi para ele que doei minha coleção original do jornal o Pasquim. Vá com Deus Zezé.

Aniversário e mix

A edição especial que comemora o aniversário de 50 anos do álbum solo de George Harrison, “All Things Must Pass”, é anunciada junto com o lançamento de um novo mix da faixa-título. The George Harrison Estate compartilhou a faixa, supervisionada pelo vencedor do Grammy Paul Hicks, reconhecido por seu trabalho com a propriedade, bem como outros materiais dos Beatles e grandes reempacotamentos de álbuns em 2020 de nomes como The Rolling Stones e John Lennon.

O filho de George, Dhani Harrison, comentou o lançamento em comunicado: “O novo mix estéreo da faixa-título do álbum é apenas uma amostra do que está por vir em 2021, quando vamos celebrar o 50º aniversário do lendário álbum ‘All Things Must Pass’ do meu pai. Temos vasculhado montanhas de fitas, e elas continuavam vindo – caixas e mais caixas delas. Fazer este álbum soar mais claro sempre foi um dos maiores desejos do meu pai e era algo em que estávamos trabalhando juntos até ele falecer. Mas com a ajuda de novas tecnologias e o trabalho de Paul Hicks neste projeto, agora podemos fazer isso acontecer. Mal podemos esperar que todos vocês ouçam tudo em que estamos trabalhando e sua paciência será recompensada no próximo ano.                                                                                                                                                                                                                                                                   “O LP triplo “All Things Must Pass”, lançado em 27 de novembro de 1970 e produzido por Phil Spector, revelou o sucesso “My Sweet Lord”, primeira faixa nº 1 nas paradas feita por um Beatle em carreira solo. A influência do disco cresceu e amadureceu com o passar das gerações. Além de ter sido incluído no Grammy Hall Of Fame, o disco está entre os 500 melhores álbuns de todos os tempos da revista Rolling Stone e na lista dos 100 melhores álbuns do The Times of London.

No tik tok

Na semana passada, Mick Fleetwood, do Fleetwood Mac, entrou para o TikTok para fazer uma brincadeira – e recriar um vídeo do usuário Nathan Apodaca, que se tornou viral: na postagem, Apodaca anda de skate pela rua, bebendo suco de cranberry diretamente de uma garrafa, e cantarolando o hit Dreams, lançado pelo Fleetwood Mac no álbum Rumours, de 1977. De lá para cá, diversos outros usuários do aplicativo publicaram suas versões do vídeo, sempre com Dreams como trilha sonora.

Pois bem – agora foi a vez de Stevie Nicks, vocalista da banda, participar do desafio. A cantora, que em ocasiões anteriores já afirmou ser avessa a redes sociais, criou uma conta no TikTok, e publicou um vídeo simples: sentada ao lado do piano, Nicks está calçando um par de patins, como se estivesse se preparando para sair deslizando por aí – e, claro, cantarolando Dreams. No chão, ao lado dela, está uma garrafa de Ocean Spray, a mesma marca de suco usada por Apocada no vídeo original.                                                                                      Você pode acompanhar as músicas da banda no programa Alquimia da rádio 101 FM todo domingo das 19:00 às 21:00

Faleceu Renato do Blue Caps

 O cantor, compositor e guitarrista Renato Barros, da banda Renato e Seus Blue Caps, morreu nesta terça-feira (28), aos 76 anos, em virtude de uma infecção pulmonar. No dia 17, ele deu entrada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Clínicas em Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio, onde, segundo a unidade hospitalar, foi submetido a uma cirurgia cardíaca de dissecção da aorta. O músico deixa duas filhas e duas netas.

Nascido no subúrbio carioca, Renato fundou no final dos anos 1950, no bairro de Piedade, na Zona Norte,  o grupo Renato e Seus Blue Caps ao lado dos irmãos Ed Wilson — Edson Vieira de Barros, morto em 2010 —, e Paulo César Barros. Em pouco tempo, eles passariam a tocar em bailes, ganhando experiência e repertório. Quando Ed abandonou a banda para seguir carreira solo, Erasmo Carlos o substitui e integrou brevemente o conjunto.

Na década de 1960, o grupo se destacou como um dos grandes expoentes da Jovem Guarda, incluindo apresentações no programa homônimo da TV Record. Compositor e instrumentista talentoso, Renato logo se tornou um requisitado músico de estúdio, acompanhado por sua banda, e passou a ser gravado por diversos artistas do movimento.

Entre seus principais êxitos estão composições registradas por nomes como Roberto Carlos (“Não há dinheiro no mundo que pague” e “Você não serve pra mim”), Wanderléa (“Tudo morreu quando perdi você”) e Jerry Adriani (“Devo tudo a você”). Outros sucessos foram “Menina linda” e “Feche os olhos”, versões suas para “I should’ve known better” e “All my loving”, dos Beatles. Do mesmo período, “Devolva-me”, parceria sua com Lilian Knapp, voltaria às paradas de sucesso no ano 2000 por Adriana Calcanhotto, em versão lançada no disco ao vivo “Público”.

Lollapalooza virtual

Transmissões vão acontecer desta quinta (30) a até domingo (2). Festival foi cancelado nos EUA por conta da pandemia; evento presencial no Brasil está previsto para dezembro.

 Lollapalooza não vai acontecer neste ano nos Estados Unidos, mas o festival vai fazer uma edição virtual e anunciou a programação nesta segunda (27).

Paul McCartney, Imagine Dragons, Tyler, the Creator e H.E.R estão entre os artistas que farão parte das transmissões entre esta quinta-feira (30) e o domingo (2 de agosto).Não ficou claro se os artistas vão se apresentar ao vivo ou se vão enviar vídeos gravados com suas músicas. A transmissão vai ser feita pelo canal do festival no YouTube.Embora a edição americana tenha sido cancelada, o evento no Brasil foi adiado para dezembro e segue confirmado.