Com a mão na massa.

impeachment.Acho inoportuno e oportunista este movimento “vem para a Câmara”. Digo isto porque no ano passado a Câmara de Vereadores de Lages instalou um procedimento de impeachment para analisar as denúncias formuladas pelo Minstério Público de Lages, através do GAECO contra o prefeito Elizeu Mattos. Desnecessário relembrar que o prefeito foi preso, ficou afastado da prefeitura, e o processo está tramitando no TJSC, onde o prefeito pode ser condenado ou absolvido.  É aí que entre o meu questionamento. O processo foi barrado na Câmara de Vereadores, pela maioria que apoia Elizeu, e na Justiça por advogado contratado pelo Elizeu. Mais ou menos o que vem fazendo o Lula para não ser processado. E onde estava o movimento “vem para a Câmara”? que pressão fizeram para que ao menos o prefeito fosse investigado. Nenhuma, ninguém se manifestou, somente uns poucos gatos pingados que se aventuraram a fazer faixas e inclusive foram ridicularizados. Elizeu foi solto, continua com a mão na massa,  continua a circular lépido e fagueiro em todos os eventos da cidade como se nada estivesse acontecendo. Recentemente, talvez em um momento de euforia, chegou a declarar que seria candidato a reeleição, logo depois desmentido. Imaginem os senhores se o Lula circulasse por Brasília. Portanto chega de demagogia, ou limpamos o Brasil de baixo para cima, ou tudo vai continuar como está.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.