Como fica a SDR.

A estrutura das Agências de Desenvolvimento Regional mudará conforme o porte de cada regional. O governador Raimundo Colombo editou o decreto 643/2016, publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira, 15, que estabelece a estrutura organizacional básica das 35 ADRs e define as áreas de atuação de cada uma das gerências.

A lei 16.795/2015, que transformou as antigas Secretarias de Desenvolvimento Regional (SDRs) em agências, havia pré-estabelecido o número de gerências das regionais, conforme o tamanho de cada órgão. A Agência de Desenvolvimento Regional de Joinville, de maior porte, tem dez gerências. Nas regionais de Blumenau, Chapecó, Criciúma, Itajaí e Lages, de porte intermediário, há nove, enquanto nas de menor porte (29 ADRs) foram definidas seis .

Lages

1. Gerência de Administração, Finanças e Contabilidade. 2. Gerência de Apoio Operacional, Orçamento e Gestão de Pessoas 3. Gerência de Gestão de Convênios, Contratos e Licitações 4. Gerência de Saúde 5. Gerência de Educação 6. Gerência de Infraestrutura 7. Gerência de Políticas Econômicas, Rurais e Urbanas. 8. Gerência de Políticas Sociais. 9. Gerência de Planejamento Regional.

João Alberto na ADR Lages

João Alberto na ADR Lages

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.