Dário Berger e a maldição do 24.

Numerologia : Sem medo da patrulha que vê homofobia em tudo, Dário Berger (PMDB-SC) pediu ao Senado mudança do número do seu gabinete, alterando-o de 24 (velho número do veado, no jogo do bicho), para 26. (Cláudio Humberto).                                   Comenta-se nos corredores da Câmara Municipal de Floripa que o vereador Thiaguinho, homossexual assumido, estaria pensando em apresentar denúncia ao Conselho Nacional da Diversidade contra o senador por prática de homofobia.                                                                                                                                                     Outro comentário, esse ouvido pelas bandas do Senadinho, é de que o senador peemedebista estaria sobe forte efeito de um boa-noite-cinderela, quando fez tão despropositado requerimento. (postado no Cangablog)

dario berger.

Publicado em Política por admin. Marque Link Permanente.

Sobre admin

Paulo Marques é formado em Administração de Empresas pela FAE/PR e em Direito pela UNIPLAC. No jornalismo, atua desde os anos 90, com passagens pelas rádios Clube, UDESC FM e 101 FM. Na televisão, passou pelas tvs SCC, Tele Câmara, TV Univest e Nova Era TV. Escreveu para vários jornais de Lages e de Curitiba/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.