Dário diz que errou.

O Senador Dário Berger (PMDB), em palestra na Fiesc, confessou que errou ao dario-berger-copyapoiar a reeleição de Dilma e que o fez a pedido do governador Raimundo Colombo. Já o  governo estadual estranhou as declarações e lembrou que Berger foi o que mais brigou pela indicação do irmão Djalma Berger para a presidência da Eletrosul. E que o vice de Dilma era Michel Temer do PMDB, o presidente interino do Brasil. Como Berger nunca teve bom relacionamento com a cúpula do PSD, principalmente com a ala do oeste, as declarações devem esfriar ainda mais o relacionamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.