Ditadura nunca mais.

Carmen Zanotto audiênciaA deputada Carmen Zanotto (SC), em pronunciamento na Câmara, criticou a citação do nome docoronel Carlos Alberto Brilhante Ustra na sessão que aprovou a admissibilidade do pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Ao anunciar o  voto,  o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) reverenciou  Brilhante Ustra, apontado em decisão judicial como responsável por torturas  durante o regime militar. Na avaliação de Carmen, a fala de Bolsonaro, além de inadequada, “escandalizou a sociedade  e depôs contra a imagem da Casa. “Não se pode aceitar que fatos tão graves que aconteceram em nosso país sejam usados para incitar o ódio, não é momento de regressões, a democracia está consolidada em nosso país”, alertou a  deputada federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.