Deu no Barão, li e repasso.

Li no Barão, gostei e repasso a vocês. Elizeu condenado por improbidade administrativa quando era Secretário Regional.

“….condeno o réu Elizeu Mattos ao pagamento de multa cívil no valor equivalente a 5 (cinco)vezes a remuneração percebida pelo agente na época dos fatos (1[um] para cada ato considerado improbo), corrigido pelo INPC, e proibição de contratar com o  Poder Público ou receber benefícios de incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica de que seja sócio majoritário, pelo prazo de três anos…..”. Sentença emitida pelo Juízo da Vara

Prefeito condenado quando Secretário.

Prefeito condenado quando Secretário.

da Fazenda da Comarca de Lages, 30/04/2013 – Processo de Improbidade Administrativa – MPSC contra Elizeu Mattos.

Os defensores vão alegar que cabe recursos. Já os acusadores vão alegar que se a Justiça fosse mais rápida, condenado, não poderia nem mesmo ser candidato, seria ficha suja.

Publicado em Política por admin. Marque Link Permanente.

Sobre admin

Paulo Marques é formado em Administração de Empresas pela FAE/PR e em Direito pela UNIPLAC. No jornalismo, atua desde os anos 90, com passagens pelas rádios Clube, UDESC FM e 101 FM. Na televisão, passou pelas tvs SCC, Tele Câmara, TV Univest e Nova Era TV. Escreveu para vários jornais de Lages e de Curitiba/PR.

2 pensou em “Deu no Barão, li e repasso.

  1. Imagine o que esse senhor nao vai aprontar na administracao da prefeitura?! Grande mudanca que ocorreu nos ultimos 5 meses que ja se passaram: o que era bom, deixou de ser e o que era ruim, ficou pessimo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.