Falta dinheiro.

Em  pronunciamento  na comissão geral que debateu as consequências do  zika vírus, da dengue e da febre chikungunya , a deputada Carmen Zanotto (PPS-SC) disse que o país só poderá enfrentar  a epidemia causada pelo mosquito Aedes aegypti, se forem injetados mais recursos na saúde pública.

“Não adianta ficarmos discutindo aqui formas e ações, se não aprovarmos as propostas que tramitam nesta Casa que visam, pelo menos, amenizar o sub-financiamento  do SUS. A situação é grave e exige de todos nós responsabilidade”, apelou Carmen.

A  deputada disse que  é prioritário que a Câmara  conclua a aprovação da PEC da Saúde na próxima semana para que o Senado Federal aprecie a matéria  ainda este ano. “Há um acordo firmado entre o governo e a oposição para votarmos o segundo turno da proposta. É preciso que esse compromisso seja  cumprido,  em nome do SUS, em nome da população, em nome da vida”, conclamou Carmen, que é relatora da PEC.Carmen Zanotto audiência

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.