Falta pescoço de égua para madrinhar a tropa.

O bode véio

O bode véio

Da coluna do prof. Ari Martendal de hoje no jornal O Momento pinço algumas pérolas, do artigo que se refere a recente entrevista do alcaide local.

“Para quem buscava fazer um trocadilho, durante a campanha, substituindo a governança pela gestão, como se do jogo de palavras bonitas emergisse soluções mágicas, a realidade agora está a assustar. O alcaide, por suas próprias palavras faz uma confissão de despreparo para a função.”

“Com o preenchimento de cargos entre amigos e indicados pela coligação, parece não ter sido muito feliz em algumas escolhas. Como se diz na rua, um secretariado apático, sempre atento ao discurso do dia por parte do chefe”.

Obs: a coluna Crônica e Pimenta , escrita pelo prof. Ari Martendal está nas páginas do jornal O Momento que vai às bancas toda quinta-feira.

Publicado em Política por admin. Marque Link Permanente.

Sobre admin

Paulo Marques é formado em Administração de Empresas pela FAE/PR e em Direito pela UNIPLAC. No jornalismo, atua desde os anos 90, com passagens pelas rádios Clube, UDESC FM e 101 FM. Na televisão, passou pelas tvs SCC, Tele Câmara, TV Univest e Nova Era TV. Escreveu para vários jornais de Lages e de Curitiba/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.