Frente parlamentar da microempresa.

A Assembleia Legislativa instalou uma frente parlamentar voltada às microempresas catarinenses. O objetivo é regulamentar a lei geral que estabelece um tratamento diferenciado aos pequenos negócios, criando um cenário favorável para o empreendedorismo. Um dos principais desafios é reduzir o período de formalização de uma microempresa, de quatro meses para uma semana. A frente parlamentar é presidida pelo deputado Darci de Mattos (PSD), e o serrano Gabriel Ribeiro (PSD) faz parte do colegiado. “Vamos batalhar para reduzir a carga tributária e desburocratizar os procedimentos legais, abrindo espaço para novos investimentos”, diz o deputado Gabriel. A primeira reunião da nova frente parlamentar aconteceu nesta quinta-feira (23), com a presença de representantes de entidades empresariais e do poder executivo. O vice-presidente da Fascisc, André Gaidzinski, ressaltou que a iniciativa aproximará a classe empresarial e o setor produtivo. Já o diretor de micro e pequena empresa da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Sustentável, Gilberto Boettcher, afirmou que o governo planeja ampliar o Programa Juro Zero, atualmente restrito ao atendimento aos microempreendedores individuais.frente parlamentar

Publicado em Economia por admin. Marque Link Permanente.

Sobre admin

Paulo Marques é formado em Administração de Empresas pela FAE/PR e em Direito pela UNIPLAC. No jornalismo, atua desde os anos 90, com passagens pelas rádios Clube, UDESC FM e 101 FM. Na televisão, passou pelas tvs SCC, Tele Câmara, TV Univest e Nova Era TV. Escreveu para vários jornais de Lages e de Curitiba/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.