Fusão do PPS com o PSB.

Presidente estadual do PSB divulga nota sobre fusão de partidos.                                               ” Amigos,
Como sabem, o PSB e o PPS deram há poucos dias o primeiro passo para a fusão. Evoluiremos nessa direção ao longo das próximas semanas, e a participação de cada um é fundamental.
Precisamos de um partido cada vez mais forte, que seja oposição e alternativa ao grupo que ocupa o poder federal há 12 anos, envergonhando o Brasil diariamente.                        Já estivemos juntos com o PPS nas últimas eleições, mostrando também aqui em Santa Catarina que dividimos os mesmos sonhos e objetivos. Juntos, seremos um partido forte, com nove senadores, três governadores, 45 deputados federais, 92 deputados estaduais, 568 prefeitos, 5.831 vereadores e mais de 790 mil filiados no Brasil.                                                                                                                      Nossa união representará, definitivamente, uma alternativa à polarização na política nacional. Também seremos uma grande força estadual.
Estamos começando a construir as diretrizes dessa fusão, que culminará em um projeto unificado. Queremos manter o nome PSB e o número 40, reforçando uma marca que já é vista como símbolo de uma postura crítica e independente.
Somos a cara do novo Brasil. Por isso, o engajamento de cada um nesse processo é vital. Com dedicação, construiremos um bom caminho, ganharemos fôlego e ergueremos uma estrutura proporcional ao desejo de mudança implorado pela sociedade.
Vamos em frente!
Paulo Bornhausen, Pres. PSB/SCpaulinho juventude

Publicado em Política por admin. Marque Link Permanente.

Sobre admin

Paulo Marques é formado em Administração de Empresas pela FAE/PR e em Direito pela UNIPLAC. No jornalismo, atua desde os anos 90, com passagens pelas rádios Clube, UDESC FM e 101 FM. Na televisão, passou pelas tvs SCC, Tele Câmara, TV Univest e Nova Era TV. Escreveu para vários jornais de Lages e de Curitiba/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.