Gaeco/Semasa e Prefeitura na mídia estadual.

Prisco Paraíso: Dupla encrenca.

Lages e Balneário, ao lado de Joinville, são as vitrines do PMDB no âmbito das administrações municipais em Santa Catarina. E nas duas primeiras, suspeitas de malversação e desvios de verbas públicas colocaram os prefeitos Elizeu Mattos e Edson Piriquito em situação delicada.
Na cidade serrana, o promotor de Justiça Joel Rogério Furtado Junior já despachou ao TJ o inquérito da chamada Operação Águas Limpas, que culminou com a prisão em flagrante do motorista do prefeito. Ele foi pego recebendo R$ 165 mil em espécie.
Já no município litorâneo, os desdobramentos da Operação Trato Feito – pela qual foram presos secretários, diretores, presidentes de autarquias e empresários – ainda são sentidos na administração municipal. São casos que respingam na estrutura peemedebista

Publicado em Política por admin. Marque Link Permanente.

Sobre admin

Paulo Marques é formado em Administração de Empresas pela FAE/PR e em Direito pela UNIPLAC. No jornalismo, atua desde os anos 90, com passagens pelas rádios Clube, UDESC FM e 101 FM. Na televisão, passou pelas tvs SCC, Tele Câmara, TV Univest e Nova Era TV. Escreveu para vários jornais de Lages e de Curitiba/PR.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.