Ideli Salvatti é citada.

Ex-ministra do governo Dilma, Ideli Salvatti foi citada pelo ex-diretor da Transpetro Sérgio Machado em depoimento de delação premiada divulgado nesta quarta-feira. No documento, ele afirma que intercedeu junto à construtora Camargo Correia para que uma doação no valor de Rs 500 mil fosse feita para a campanha eleitoral ao governo de Santa Catarina em 2010. Segundo Machado, os recursos seriam ilícitos, oriundos de contratos com a Transpetro.                                                                                                                                             Mais recentemente Ideli foi nomeada pela presidenta afastada como representante do Brasil na OEA em Washingideli_prefeito lageston, EUA. A ex-ministra ainda não se manifestou sobre a delação premiada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.