Impasse no centro

Uma das principais obras com vistas à modernização e segurança do centro de Lages, na Serra Catarinense, vai atrasar. Por determinação da prefeitura, a empresa que executa a rede subterrânea de energia elétrica da cidade será obrigada a interromper os serviços neste ano e só poderá retomá-los em 2016.

A suspensão foi comunicada na segunda-feira à Celesc. A restrição imposta pela administração municipal vale para as obras civis, que correspondem à abertura de buracos em ruas e calçadas no entorno da Praça João Ribeiro (Catedral), incluindo trechos das ruas Frei Rogério (entre o Colégio Rosa e os Correios) e Benjamin Constant (entre a prefeitura e o Banrisul). A justificativa da prefeitura é que os serviços prejudicariam as atividades alusivas ao Natal Felicidade, cuja programação se estenderá de 1º de dezembro a 6 de janeiro de 2016. rua nereu ramosO gerente regional da Celesc, José Afonso Marin, lamenta a necessidade de interromper os serviços, pois garante que as obras civis estariam prontas até 3 de dezembro, conforme havia sido acordado com a própria prefeitura em reunião realizada no fim de outubro na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.