Incentivo à doação de sangue.

Padeiro tribunaO vereador Adilson Padeiro (PR) é o autor da moção legislativa 144/16, que sugere a criação de um programa municipal de incentivo à doação de sangue pelas categorias trabalhadoras de Lages. A matéria foi encaminhada ao prefeito Elizeu Mattos (PMDB) e a secretária municipal de Saúde, Rose  Penso.

                O artigo 473 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) prevê que o empregado poderá faltar ao serviço por um dia de trabalho em caso de doação voluntária de sangue devidamente comprovada no período de doze meses.  Como forma de ampliar o número de doadores de sangue nas categorias profissionais, Padeiro recomenda que no município o limite possa ser de três doações/folgas às mulheres e quatro aos homens no ano, conforme o período necessário para a doação de sangue. Os bancos públicos de sangue ou instituições públicas de saúde fornecerão aos doadores documento que comprove a contribuição, que deverá ser apresentado na data de seu retorno ao trabalho. “Instituir meios que incentivem a doação entre os trabalhadores contribuirá para que a importância do ato de doar sangue seja incorporada como um valor social e um compromisso com a coletividade”, defende Padeiro na matéria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.