La tinha.

Um pouco por causa da crise econômica por que passa o país, outro tanto pela falta de iniciativa do poder público municipal em buscar investimentos, e a falta de credibilidade em nosso alcaide , cuja situação é mais ou menos parecida com a do deputado Eduardo Cunha, pois governa mas está sendo processado. Em função deste somatório, é que a cada dia que passa uma porta se fecha em Lages. Ou uma farmácia, ou uma loja, ou uma empresa e agora a sucursal da RBS/TV. No final do noticiário do meio-dia foi anunciado que a partir da próxima segunda-feira, o primeiro bloco de notícias locais e que era produzido em Joaçaba e Lages, deixa de existir. 

Laine Valgas e Mário Mota.

Laine Valgas e Mário Mota.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.