Mais eleitores do que habitantes.

O cruzamento entre os cadastros dos eleitores e os números sobre a população de cada uma das cidades do estado,  revelou que 29 têm mais eleitores do que moradores. Inicialmente não há problema porque, pela lei, a pessoa pode votar onde mora, onde trabalha ou onde mantém vínculos familiares. Mas a irregularidade aparece quando são usadas declarações falsas para transferir o domicílio eleitoral, como foi apurado. Por isso, o Tribunal Regional Eleitoral não tem um levantamento sobre quantas transferências de títulos no Estado para as eleições de 2016 são legais.                                                                                                                               Na região serrana os municípios de Capão Alto, Palmeira, Vargem, Painel, tem mais eleitores do que habitantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.