Mais um escândalo.

Foi deflagrada pelo Gaeco e Polícia Civil, ontem em Itajaí, as operações “Parada Obrigatória I e II”, com a prisão temporária de quatro pessoas, dentre elas um agente público, e o cumprimento de quatro mandados de condução coercitiva, nove mandados de sequestro de veículos, imóveis e dinheiro, um mandado de afastamento de agente público de suas funções, além de 17 mandados de busca e apreensão expedidos pelo Juízo da 1ª Vara Criminal da Comarca de Itajaí, em residências, órgãos públicos e empresas nas cidades de Itajaí, e também Lages.                      As operações receberam o nome de “Parada Obrigatória I e II” em razão de pessoas investigadas, comum a ambos os investigatórios, que trabalhavam na área de trânsito nos municípios investigados.                                                                                               Vamos aguardar a manifestação do MP pois até o momento o GAECO de Lages não se pronunciou a respeito da operação Parada Obrigatória na cidade. As dúvidas aumentam à medida em que na informação do MP/SC , relata que a investigação acontece em pessoas que trabalham na área de trânsito, também em Lages.

Publicado em Segurança por admin. Marque Link Permanente.

Sobre admin

Paulo Marques é formado em Administração de Empresas pela FAE/PR e em Direito pela UNIPLAC. No jornalismo, atua desde os anos 90, com passagens pelas rádios Clube, UDESC FM e 101 FM. Na televisão, passou pelas tvs SCC, Tele Câmara, TV Univest e Nova Era TV. Escreveu para vários jornais de Lages e de Curitiba/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.