Mandato de aluguel (extraído do Cangablog).

O finado Amilton Alexandre, o Mosquito, criou em seu blog, o Tijoladas do Mosquito, um personagem folclórico chamado Garoto de Programa. Mosquito descrevia o atual ministro do Trabalho, Maneca Dias, tal o nível de negócios que Maneca fazia utilizando o PDT que recebeu de herança de Leonel Brizola.                                                                                                              Agora surge um novo personagem na política catarinense: o Político de Aluguel. O apelido se encaixa perfeitamente no senador Dário Berger (PMDB) que “alugou” o seu mandato para o governo do PT.Dário conseguiu a façanha de fazer a presidente Dilma colocar “o dentifrício dentro do tubo”, de volta.                                                                      Dilma que já havia dito que não permitiria indicações politicas no sistema elétrico, teve que voltar atras e demitir o engenheiro blumenauense, Márcio Zimmermann, ex-ministro do Ministério de Minas e Energia, para colocar em seu lugar o irmão do senador Dário, Djalma Berger.                                                                                                                           dario berger Pela primeira vez na história política de Santa Catarina, temos um caso explícito de aluguel de mandado no Senado da República. Dário vendeu a alma e o mandato para o governo do PT. Dário, que de bobo só tem os eleitores, colocou Cláudio Vignatti, do PT, na Diretoria Financeira da Eletrosul. Seguindo o viciado esquema de indicações, celebrizado pelo Petrolão, é colocar a raposa para gerenciar o galinheiro.

 

Publicado em Sem categoria por admin. Marque Link Permanente.

Sobre admin

Paulo Marques é formado em Administração de Empresas pela FAE/PR e em Direito pela UNIPLAC. No jornalismo, atua desde os anos 90, com passagens pelas rádios Clube, UDESC FM e 101 FM. Na televisão, passou pelas tvs SCC, Tele Câmara, TV Univest e Nova Era TV. Escreveu para vários jornais de Lages e de Curitiba/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.