Morreu o filósofo.

Importante filósofo e teórico contemporâneo, o polonês Zygmunt Bauman morreu aos 91 anos, em Leeds, na Inglaterra, segundo informou a imprensa da Polônia nesta segunda-feira. Bauman tem uma extensa bibliografia com reflexões sobre a sociedade e as mudanças do mundo atual. Sua principal teoria, a da “liquidez” das relações sociais abriu um vasto campo de estudos para as mais diferentes áreas, como a filosofia, a cultura, o relacionamento humano – com muito foco no individualismo e a efemeridade das relações – e até mesmo a revolução que as mídias digitais trouxeram para a sociedade moderna. Sua obra mais conhecida é Modernidade Líquida (2000).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.