Morto.

Mortes morridas, mortes matadas e mortes pedidas…..Nesta trilogia enquadra-se a liturgia presidida pelo GAECO e pelas firmes posições da Justiça, no caso de quem era prefeito. “Requiem in culpa ” para quem provocou sua própria derrocada. E …..pêsames às viúvas das dádivas  perdidas, crentes na ressurreição do bonificador. Tristeza para os lageanos que careciam de avanços. Nada mais. (Ari Martendal).

Publicado em Política por admin. Marque Link Permanente.

Sobre admin

Paulo Marques é formado em Administração de Empresas pela FAE/PR e em Direito pela UNIPLAC. No jornalismo, atua desde os anos 90, com passagens pelas rádios Clube, UDESC FM e 101 FM. Na televisão, passou pelas tvs SCC, Tele Câmara, TV Univest e Nova Era TV. Escreveu para vários jornais de Lages e de Curitiba/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.