O destino das secretarias regionais.

Deu no Blog do Moacir Pereira de hoje:                                                                                                      “A proposta de extinção das Secretarias de Desenvolvimento Regional vai ser analisada formalmente pela primeira vez na Assembleia Legislativa. O deputado João Amim, do PP, apresentou emenda ao projeto do governador Raimundo Colombo, pela extinção das regionais.
Alega que elas perderam a funcionalidade e diante da crise não se justifica mais sua permanência. E informa que no ano passado, as despesas totais com as regionais foi superior a 418 milhões de reais.
A inciativa do parlamentar tende a provocar polemica na Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia, antes de ir para plenário.
O deputado Mauro de nadal, do PMDB, relator do projeto governamental, está sugerindo que, ao invés de transformar as secretarias regionais em agencias de desenvolvimento, que deseja o governador do Estado, as secretarias sejam fortalecidas.                                                                                                                                          
A transformação representaria também economia de gastos com a redução de cargos comissionados.A proposta do deputado João Amin tem outro componente politico. O líder do governo na Assembleia é o deputado Silvio Drevek, também do PP. A conferir se o Centro Administrativo e a base governista vão manter o projeto inicial do governador, se acolherão a emenda do relator Mauro de Nadal ( PMDB), ou se aprovam a nova proposta de extinção do deputado João Amin.

Publicado em Política por admin. Marque Link Permanente.

Sobre admin

Paulo Marques é formado em Administração de Empresas pela FAE/PR e em Direito pela UNIPLAC. No jornalismo, atua desde os anos 90, com passagens pelas rádios Clube, UDESC FM e 101 FM. Na televisão, passou pelas tvs SCC, Tele Câmara, TV Univest e Nova Era TV. Escreveu para vários jornais de Lages e de Curitiba/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.