Festa da maçã

A comitiva da XXI Festa Nacional da Maçã, composta pelo Prefeito Giovani Nunes, juntamente com mais dois secretários, esta em Brasília, ,nesta quarta-feira, divulgando a Festa Nacional da Maçã e realizando tratativas positivas para a administração e os andamentos dos trabalhos do município.

Em passagem pelo Senado Federal, a comitiva foi recebida pelos senadores Espiridião Amim e Jorginho Melo . Os Senadores receberam em mãos caixas de maçã e o convite especial para a XXI Festa Nacional da Maçã.

A XXI edição acontece de 02 a 05 de maio em São Joaquim .

Com desenvoltura

Neste começo de ano, e entregando verbas de emenda parlamentar, a deputada federal Carmen Zanotto, tem circulada com desenvoltura pelo paço municipal. Seu partido (PPS) ainda não definiu a posição com relação ao governo federal e Estadual. Segundo a deputada o quadro ainda está indefinido principalmente pela chegada dos novos parlamentares.

Encenação grotesca

Repórter da rádio Clube montou insinuação grotesca para criticar a situação da rua da rádio, que teve toda a rede pluvial antiga, trocada por uma nova e que aguardava adensamento para ser concluída. Com os parafusos soltos da roda dianteira de uma bicicleta , tenta justificar os buracos, com a queda da roda. Depois se dirige para o calçadão central, que está sob reformas para criticar a situação de lajotas soltas. Não satisfeito, a encenação prossegue no átrio da prefeitura , quando burlando a segurança tenta simular uma audiência com o prefeito. Lamentável que setores da imprensa local pratiquem jornalismo deste nível. A pergunta que fica ? Alguém com uma bicicleta nas costas subiria até a sala do presidente do SCC ?

Previdência municipal

O presidente da Confereração Nacional dos Municípios, falou ao Ministro da Economia , Paulo Guedes, que é favoravel a mudança nas regras da Previdência . Mas deixou bem claro que os prefeitos precisam aproveitar essa reforma para mudar as regras das aposentadorias para os servidores municipais. Já para o prefeito de Tubarão Joares Ponticelli (PP), presidente da FECAM , a situação fianceira dos municípios é gravíssima. Se não mudar será uma quebradeira,