Paiquerê, o Inter e a Medicina.

Acompanhei ontem em todos os blogs, principalmente os da capital/Floripa, e a repercussão da informação de que a usina de Paiquerê havia sido indeferida pelo IBAMA. O pessoal de Floripa ficou exultante, principalmente os “eco chatos” que moram no litoral, mas que querem preservar o verde do interior. Defendemos o desenvolvimento sustentável, com verde, mas com emprego e renda, pois vivemos na região mais pobre do estado. Acredito que devemos fazer com relação à usina, a mesma corrente positiva que estamos fazendo com o Inter, e agora também com o curso de medicina no CAV. O curso é possível e seria muito bom para a região. Em São Carlos, interior de São Paulo, não tem indústrias, mas sim faculdades, e hoje é uma região extremamente desenvolvida. Depende muito da força de nosso governador, e creio que ele quer fazer muito por nossa região, em que pesem as forças ocultas trabalharem contra. Portanto, vamos aproveitar mais as viagens de nossos dirigentes à Brasilia para solicitar coisas mais importantes. A região quer sim a usina de Paiquerê. Máquina de tapar buracos é importante, mas precisamos mais do que isto.

Publicado em Economia por admin. Marque Link Permanente.

Sobre admin

Paulo Marques é formado em Administração de Empresas pela FAE/PR e em Direito pela UNIPLAC. No jornalismo, atua desde os anos 90, com passagens pelas rádios Clube, UDESC FM e 101 FM. Na televisão, passou pelas tvs SCC, Tele Câmara, TV Univest e Nova Era TV. Escreveu para vários jornais de Lages e de Curitiba/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.