Para onde irá o dinheiro ?

Prefeitura de Lages tem insistido muito na venda do terreno ao lado da rodoviária. Projeto está na Câmara de Vereadores e deve ser votado na próxima sessão, segunda-feira, antes do recesso. Vereadores que dão sustentação a atual administração já dão sinais de nervosismo pela não aprovação do projeto, como na sessão de ontem a noite, quando inclusive um vereador chegou a ficar bravo, com a platéia presente. Acontece que existe a necessidade de uma aprovação pública através de audiência terreno da rodoviáriapara esta venda, que está marcada para o dia 27, portanto pós sessão de segunda feira. Um outro questionamento é a respeito da finalidade do dinheiro a ser arrecadado com a venda. Tem gente apostando que ele será usado para fazer caixa para pagar salário do funcionalismo. Outros até questionam quem teria caixa para bancar um valor de milhões na compra do terreno em tempos de crise, e outros sobre o que seria construído no local. Um novo shopping? um supermercado ?                                                                                                Como a prefeitura tem insistido tanto na venda, já deve ter comprador para a área, e é aí que reside o problema. Portanto vamos fazer nossa parte, vamos pressionar os vereadores para que votem contra e que a área não seja vendida. Ali poderá ser construído o centro administrativo, ou até mesmo uma praça, mas vender nunca. Estamos de olho, não vamos aguentar mais um escândalo.

Publicado em Direito por admin. Marque Link Permanente.

Sobre admin

Paulo Marques é formado em Administração de Empresas pela FAE/PR e em Direito pela UNIPLAC. No jornalismo, atua desde os anos 90, com passagens pelas rádios Clube, UDESC FM e 101 FM. Na televisão, passou pelas tvs SCC, Tele Câmara, TV Univest e Nova Era TV. Escreveu para vários jornais de Lages e de Curitiba/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.