Produção de maçã a perigo.

As 650 mil toneladas de maçã produzidas anualmente no Estado — um mercado que movimenta mais de R$ 1 bilhão por ano em Santa catarina, com a geração de 40 mil empregos durante a colheita — estão ameaçadas por um perigo que vem do Oriente. A sinalização do governo federal de que o mercado brasileiro pode ser aberto para a fruta da China pode, segundo especialistas, provocar a quebra de produtores catarinenses devido aos baixos preços praticados pelos possíveis concorrentes. Portanto manifestações políticas são muito importantes neste momento. Depois não adianta chorar o leite derramado. 

— O Brasil é o único país livre da praga conhecida como traça-da-maçã. Com a introdução da maçã chinesa, essa praga pode ser reintroduzida nos nossos pomares. Queremos acompanhar os estudos que serão feitos para a abertura ao mercado da China — explica Pierre Nicolas Pérès, presidente da Associação Brasileira de Produtores de Maçã, que tem sede em Fraiburgo, na Serra.

maçã

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.