Quem não fala com quem ?

Leio em um blog local de que o prefeito Elizeu Mattos quando retornar de Brasília pretende se reunir com os Conselhos da Uniplac para tomar uma decisão sobre a intervenção na Uniplac e afirma: “Intervenção e segmentos pedagógicos não podem se chocar, são questões a se tratar de forma separada. Outro ponto a ser revisto é a prestação de contas. O município precisa estar a par , de forma mais profunda”.

Chama a atenção a declaração

Ofício pedidndo audiência.

Ofício pedindo audiência.

do sr. Prefeito, pois todos nós sabemos que a intervenção na Uniplac é Judicial, portanto, somente o Juízo do caso é que determina quando a intervenção termina, ou não, e para isto uma data já foi determinada.

Já o Interventor da Uniplac, nomeado pelo Juízo competente, Walter Manfroi afirma que procurou a Prefeitura (protocolou documento), e até hoje aguarda o chamamento para uma audiência. Enquanto os dois não se falam, a vida segue.

Publicado em educação por admin. Marque Link Permanente.

Sobre admin

Paulo Marques é formado em Administração de Empresas pela FAE/PR e em Direito pela UNIPLAC. No jornalismo, atua desde os anos 90, com passagens pelas rádios Clube, UDESC FM e 101 FM. Na televisão, passou pelas tvs SCC, Tele Câmara, TV Univest e Nova Era TV. Escreveu para vários jornais de Lages e de Curitiba/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.