Renatinho deixou RS 102 milhões.

O Prefeito Elizeu Matos usou o expediente de reunião da Acil, nesta semana, para fazer um balanço dos seus seis primeiros meses de gestão na Prefeitura de Lages. Ao fazer um balanço financeiro das obras que estão em andamento e as que estão por  iniciar, podemos constatar, sem medo de errar, que o ex-prefeito Renatinho deixou uma herança milionária de RS 102 milhões de reais de convênios com o Governo Estadual/Federal, fruto de projetos que foram feitos e apresentados. De recursos conseguidos nestes seis meses, o balanço do Elizeu soma RS 2,5 milhões. Nunca na história recente de Lages, um Prefeito eleito recebeu tanto dinheiro como agora. E o pior é que o atual Prefeito alega, ainda, que passou seis meses refazendo projetos mal feitos. Na verdade são nove meses, da data da eleição, tempo mais do que suficiente para quem se promovia como o mais capacitado e preparado e que iria dar um choque de gestão na Prefeitura, fazer alguma coisa. Que o alcaide ainda tem tempo, tem, mas com os gestores que levou consigo para o paço municipal, com raras exceções, fica difícil acreditar que consiga. Só nos resta torcer positivamente.

herança milionária (Foto Acil/EV)

herança milionária (Foto Acil/EV)

Publicado em Política por admin. Marque Link Permanente.

Sobre admin

Paulo Marques é formado em Administração de Empresas pela FAE/PR e em Direito pela UNIPLAC. No jornalismo, atua desde os anos 90, com passagens pelas rádios Clube, UDESC FM e 101 FM. Na televisão, passou pelas tvs SCC, Tele Câmara, TV Univest e Nova Era TV. Escreveu para vários jornais de Lages e de Curitiba/PR.

1 pensou em “Renatinho deixou RS 102 milhões.

  1. Essa desculpa do Elizeu e seus comparsas já está mais do que esfarrapada. Só se vê a Sec. De Meio Ambiente, através de seus colaboradores, disfarçando com corte de gramas e arvores; a Semasa inventando buracos e transtornos inacabados pela cidade… Essa foi a grande mudança! Grande balela de quem não sabe administrar…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.