Roeu a corda.

Na CPI da Infelicidade da Câmara de Lages, o vereador Ivanildo (PR) iria votar com o relator Lucas Neves (PP) e João Chagas (PSC). Depois de sofrer forte pressão política, sofrer ameaça de ser cassado e pedir a benção para o deputado Jorginho Melo em Floripa e declarar que ia se abster, ontem voltou atrás e votou com o Jair Jr (PSD) e Bruno Hartmann (PSDB) pelo relatório alternativo que vai ser lido hoje.                                                                                                                                        O relatório alternativo acusa e inclui nomes do ex-secretário e atual secretário de Turismo que não estavam incluídos no relatório do vereador Lucas Neves. Não terminou em pizza mas sim em política o relatório da CPI. Como o que vai valer mesmo é o relatório do MP, vamos aguardar a divulgação do mesmo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.