Santa ingenuidade.

Câmara de Vereadores de Lages deverá ser notificada pela Justiça Eleitoral, da cassação do vereador Marcius Machado, por infedelidade partidária. Foi eleito pelo PPS e depois passou para o PR. A lei é bem clara, e não se admite que o Marcius tenha entrado numa fria destas. Formado em direito e cientista político, agiu com imaturidade e amadorismo. Dos males o menor, pois o vereador já foi candidato a deputado estadual pelo novo partido, fazendo em Lages por volta de 14 mil votos o que o credencia a ser candidato a prefeito nas próximas eleições. Na câmara muda muito pouco, pois mesmo com o pedido de cassação em curso, assim mesmo Marcius votava com a situação.marcius machado.

Publicado em Política por admin. Marque Link Permanente.

Sobre admin

Paulo Marques é formado em Administração de Empresas pela FAE/PR e em Direito pela UNIPLAC. No jornalismo, atua desde os anos 90, com passagens pelas rádios Clube, UDESC FM e 101 FM. Na televisão, passou pelas tvs SCC, Tele Câmara, TV Univest e Nova Era TV. Escreveu para vários jornais de Lages e de Curitiba/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.