Seara do Bem recebe investimentos.

 

O hospital infantil Seara do Bem está em obras. A reforma e ampliação da unidade de saúde começou semana passada. O Governo de Santa Catarina está investindo R$ 6,5 milhões no projeto. Na manhã desta quarta-feira, 10, o secretário de Estado de Desenvolvimento Regional, João Alberto Duarte, fez uma visita às obras, acompanhado por membros da diretoria. “O Seara do Bem é uma instituição consolidada como referência em qualidade, e essa parceria ajudará o hospital a prestar serviços ainda melhores”, disse o secretário.

O projeto abrange 2.300 metros quadrados, e inclui a construção de um novo bloco de serviços que concentrará a cozinha e a lavanderia, e a restauração e ampliação da ala mais antiga do hospital, inaugurada em 1968. A estrutura passará a contar com um ambulatório e um Centro de Diagnóstico por Imagem (CDI) que viabilizará a realização de procedimentos de Ultrassom, Tomografia e Raio-X no próprio hospital.

As obras estão sendo executadas pela Oito Soluções Ltda, uma empresa contratada pela direção do hospital através do sistema de carta convite.  Aproximadamente 20 pessoas estão trabalhando no projeto, que deve ser finalizado no final de 2015. A SDR Lages ajudará na fiscalização.

O hospital Seara do Bem é referência em pediatria, realizando em média mais de seis mil atendimentos por mês. Segundo o diretor Wilson Ribeiro, somente no ano passado a unidade prestou auxílio a mais de cerca de 70 mil crianças de 99 municípios. “Administramos uma instituição filantrópica motivada pela excelência em promover saúde, e as parcerias contribuem no processo”, ressalta

Publicado em saúde por admin. Marque Link Permanente.

Sobre admin

Paulo Marques é formado em Administração de Empresas pela FAE/PR e em Direito pela UNIPLAC. No jornalismo, atua desde os anos 90, com passagens pelas rádios Clube, UDESC FM e 101 FM. Na televisão, passou pelas tvs SCC, Tele Câmara, TV Univest e Nova Era TV. Escreveu para vários jornais de Lages e de Curitiba/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.