Semana decisiva na política de SC.

Semana que começa na terça-feira, em virtude do feriado, pode ser decisiva na definição da política catarinense. Primeiro na Assembléia Legislativa, quando é aguardada a renúncia do deputado Romildo Titon (PMDB), para que o partido possa anunciar um novo nome e os trabalhos possam retomar os trâmites normais. Segundo, no próximo sábado, quando os 522 delegados do PMDB, decidem se o partido continua apoiando o Governador Raimundo Colombo, ou se vai de 15. Se resolver continuar na tranquila posição de vice, a eleição deve ocorrer em banho maria, se optar por candidato próprio, apimenta a eleição deste ano, pois novas composições estarão em aberto. Enquanto isto, o PSB, que vai apoiar a reeleição de Colombo, recebe o presidenciável Eduardo Campos, e o PSDB, que tem o senador Paulo Bauer como candidato a governador deve escolher Jovino Cardoso (DEM), que é vice em Blumenau, como o seu vice.

Colombo, tranquilo, espera as definições.

Colombo, tranquilo, espera as definições.

Publicado em Política por admin. Marque Link Permanente.

Sobre admin

Paulo Marques é formado em Administração de Empresas pela FAE/PR e em Direito pela UNIPLAC. No jornalismo, atua desde os anos 90, com passagens pelas rádios Clube, UDESC FM e 101 FM. Na televisão, passou pelas tvs SCC, Tele Câmara, TV Univest e Nova Era TV. Escreveu para vários jornais de Lages e de Curitiba/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.