Servidores querem a volta do turno único.

Servidores municipais de Lages começam a manifestar a insatisfação com o horário em dois turnos. Alegam que no horário antigo, das 13:00 às 19:00 era mais produtivo, além da economia em termos de gastos financeiros. Na parte da manhã o expediente interno, para muitos que realizavam,era mais produtivo.Como o trabalho em dois períodos era proposta de campanha do prefeito eleito, o turno único dificilmente sera retomado. Os servidores alegam também o achatamento nos salários com o não recebimento da reposição salarial, transformada em abono, e dizem que o pagamento do décimo terceiro em dezembro não é nenhum favor que vai ser feito, mas sim um obrigatoriedade contratual e legal, pois nos últimos doze anos, os salários nunca estiveram atrasados. As manifestações de servidores que eram internas começam a chegar aos bloguistas, através de mensagens.

Publicado em Direito por admin. Marque Link Permanente.

Sobre admin

Paulo Marques é formado em Administração de Empresas pela FAE/PR e em Direito pela UNIPLAC. No jornalismo, atua desde os anos 90, com passagens pelas rádios Clube, UDESC FM e 101 FM. Na televisão, passou pelas tvs SCC, Tele Câmara, TV Univest e Nova Era TV. Escreveu para vários jornais de Lages e de Curitiba/PR.

2 pensou em “Servidores querem a volta do turno único.

  1. Muito legal, onde a grande maioria dos trabalhadores fazem 2 turnos, os bonitinhos ,quererem privilégios, a mamata acabou,agora tem prefeito com pulso firme

  2. no meu ver tambem sou a favor do expediente o dia todo, não por o prefeito ter pulso firme e sim que pelo menos uma promessa de campanha ele irá conseguir cumprir, e tambem porque os servidores, comissionados, cabides, penduricos e muitos outros que votaram nele, esperando milagre e se deixando enganar acreditando em coisas quase de outro mundo. (eu digo assim chupa que é de uva kkkkkk)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.