Simproel decide pelo estado de greve.

O Sindicato dos Professores de Educação de Lages, em assembléia ontem a noite , tomou a mesma decisão dos demais servidores municipais, estado de greve, enquanto tenta uma negociação com a Prefeitura. A situação se inverteu,pois enquanto os professores estaduais vão receber em suas contas dia 27 a revisão salarial retroativa a janeiro deste ano, os professores municipais, que receberam o piso na administração anterior, agora ficam a ver navios. A presença da grande maioria dos professores municipais na assembléia demonstra que a categoria está unida e mobilizada e vai até o fim para receber ao menos a revisão salarial. A prefeitura mais uma vez alega não ter recursos para conceder a revisão em função do limite, mas como ficou demonstrado pelos vereadores em sessão da Câmara, este limite  prudencial que é de 46,55% , está longe de ser atingido lembrando ainda que no caso da educação os recursos são oriundos de conta própria.

SIMPROEL promete não ficar a ver navios

SIMPROEL promete não ficar a ver navios

Publicado em educação por admin. Marque Link Permanente.

Sobre admin

Paulo Marques é formado em Administração de Empresas pela FAE/PR e em Direito pela UNIPLAC. No jornalismo, atua desde os anos 90, com passagens pelas rádios Clube, UDESC FM e 101 FM. Na televisão, passou pelas tvs SCC, Tele Câmara, TV Univest e Nova Era TV. Escreveu para vários jornais de Lages e de Curitiba/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.