Situação dos ambulantes, nada mudou.

Lembro que durante a administração passada, um dos assuntos mais debatidos, não havia um santo dia que alguém da imprensa não batesse, era com relação ao número de ambulantes (camelôs) nas ruas centrais, principalmente no calçadão. Esta semana passando pelo calçadão reparei que os mesmos ambulantes por lá continuam, tem uns que até parece que tem o ponto fixo. Lembro mais, o CDL chegou a fazer uma passeata que passou pela Prefeitura , exigindo providências imediatas, encabeçada pela atual presidenta do CDL. Como nada mudou, a Lei que regulamenta a atividade, continua parada lá na Câmara de Vereadores, fiquei pensando, já que ninguém mais da imprensa toca no assunto, o CDL, não reclama mais, se todo mundo se acostumou com a situação, aceitou, ou se realmente era fogo inimigo. Se alguns dos senhores passarem pela 5 avenida em Nova Iorque, vão verificar que lá também existem ambulantes africanos. Em frente da Apple existem inclusive aqueles bolivianos, que temos aqui. Portanto, ambulante

Ambulantes continuam no calçadão.

Ambulantes continuam no calçadão.

não é um problema exclusivo de Lages, mas que precisa ser regulamentado, precisa. A ideia original era transferi-los para a remodelada praça Joca Neves (Camelódromo), mas até agora nada foi feito.

Publicado em Economia por admin. Marque Link Permanente.

Sobre admin

Paulo Marques é formado em Administração de Empresas pela FAE/PR e em Direito pela UNIPLAC. No jornalismo, atua desde os anos 90, com passagens pelas rádios Clube, UDESC FM e 101 FM. Na televisão, passou pelas tvs SCC, Tele Câmara, TV Univest e Nova Era TV. Escreveu para vários jornais de Lages e de Curitiba/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.