Somos premiados

O Dnit – Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes e o Ministério Público Federal fecharam um acordo para instalar radares de fiscalização de velocidade. Em SC teremos 220 pontos e pasmem os senhores, na BR-282 teremos 80, dos não bem vindos equipamentos.                                                                      Vale lembrar que os equipamentos (pardais), foram retirados por uma ordem do presidente Jair Bolsonaro.                                                                                          Ou seja, a ordem de uma Juíza federal de Brasília vale mais do que uma decisão de quem foi eleito pela maioria da vontade popular. Atá quando vamos aceitar, que decisões tomadas em gabinetes luxuosos de Brasília, pagos com nossos impostos, sejam contra nós.                                                                                          A pergunta que fica. A retirada das lombadas eletrônicas aumentou o número de acidentes ? Me parece que não. E o dinheiro das multas? Qual seu destino ? 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.