Terra arrasada.

“São dezenas de fornecedores sem receber, obras retomadas ou anunciadas de afogadilho e que não terão continuidade e ainda o agravante do pagamento de três folhas num intervalo de 30 dias em dezembro (folha novembro e dezembro e 13.º salário) e que a prefeitura talvez tenha dificuldade para tanto. Diante deste quadro crítico, o afastamento do prefeito tentaria blindá-lo de um desgaste ainda maior”. Mas nos bastidores se comenta que o problema maior  é o descontrole da gestão”. (Edson Varela/Blog).

Sai Elizeu entra Toni

Sai Elizeu entra Toni

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.