Transa na lancha

O casal que foi flagrado em vídeo fazendo sexo em público em uma lancha, em Porto Belo, no Litoral Norte de Santa Catarina, prestou depoimento à Polícia Civil por videoconferências. Nesta sexta-feira (26), a delegada Luana Backes, responsável pelo caso, afirmou que eles pediram desculpas pelo ato.

A identificação do homem e da mulher que residem no estado de São Paulo ocorreu após investigação das imagens feitas no carnaval na região do Caixa d’Aço. Durante o período, as festas foram canceladas e eventos proibidos por conta da pandemia.

Além do casal praticando sexo em público em meio à um grupo de pessoas, outras imagens no local mostram mulheres com os seios à mostra enquanto dançavam em cima de embarcações. Ninguém usava máscara e não houve preocupação com distanciamento.

Na época uma força-tarefa foi criada para evitar atos obscenos, aglomerações e perturbação do sossego no local. Por conta do descumprimento de medidas sanitária, foram registrados três  Termos Circunstanciados e outros dois por conta dos atos obscenos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.