Das pesquisas eleitorais.

Advogado João Carlos Matias se manifesta sobre a pesquisa de intenção de votos, patrocinada pela Acil e publicada na edição de hoje do CL:                                                      Sobre a pesquisa do Instituo MAPA, tenho a dizer o seguinte: nada contra a ACIL, apontada como patrocinadora. Mas veja os antecedentes deste instituto aqui em Lages:
em 2008, às vésperas das eleições para a Prefeitura, o mesmo Instituo MAPA apontava CORUJA com 43%; RENATINHO com 22,2% e GODINHO com 11,3%. O resultado das eleições foi: RENATINHO com 46,89% (diferença de ´apenas´ 24,59 pontos percentuais em relação à pesquisa); CORUJA com 42,11% e GODINHO com 10,95%…
Nas eleições de 2006, o mesmo MAPA indicava que Lucy Choinaski, então candidata ao Senado, teria 19% dos votos, e ela obteve 28,18%. Em 2002, o MAPA indicava que Paulo Bornhausen teria o senador eleito com muita folga, e o resultado foi bem diferente: acabou sendo eleita Ideli Salvati com 45,77% dos votos, enquanto Paulo Bornhausen ficou na quarta colocação com 38,75%… No mesmo ano de 2002, o Mapa indicava que Amin teria 45% dos votos para governador, e ele obteve 39,85%; LHS, teria 21%, e ele obteve 30,08%; José Fritsch teria 9%, e ele obteve 27,32%… Pôxa, um instituto que vem errando sistematicamente inclusive para o cargo de governador, no mínimo fica desacreditado por incompetência (para não dizer por interesses escusos). Portanto, não merece um pingo de credibilidade ao aparecer, agora, às vésperas das eleições, apontando índices para deputados estaduais com números que, claramente, não condizem com todo o histórico das eleições em Lages, nas quais, invariavelmente, jamais um ex-prefeito ficou com menos de 20% dos votos, em qualquer nível de eleição. Portanto, vindo tal pesquisa de uma fonte tão ´competente´, não custa lembrar que “quem tem o MAPA da mina, pode traçar o caminho de acordo com suas conveniências”.

Publicado em Política por admin. Marque Link Permanente.

Sobre admin

Paulo Marques é formado em Administração de Empresas pela FAE/PR e em Direito pela UNIPLAC. No jornalismo, atua desde os anos 90, com passagens pelas rádios Clube, UDESC FM e 101 FM. Na televisão, passou pelas tvs SCC, Tele Câmara, TV Univest e Nova Era TV. Escreveu para vários jornais de Lages e de Curitiba/PR.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.