A obra de reconstrução da Duque III.

Uma das mais importantes avenidas de Lages está praticamente intransitável por conta da paralisação em sua reconstrução, inclusive sem calçadas

Av.Duque intransitável (foto EV)

Av.Duque intransitável (foto EV)

para os pedestres. Sem receber desde dezembro a Via Pav, responsável pelas obras, parou os trabalhos. O que fazer agora ? Primeiro a Prefeitura deve tocar a licitação para a rede de esgoto que estava pronta em dezembro, no trecho entre a Carahá e a BR-282. Fazer um acerto com a CELESC para a rede subterrânea de energia eliminando os postes em ambos os lados, e principalmente manter o projeto original com as três pistas, duas para carros e uma para o corredor de ônibus. A avenida nunca teve estacionamento, e eliminar o corredor de ônibus para beneficiar uns poucos é rasgar o discurso de que a atual administração seria voltada para o povo. Com as marginais da BR-282 prontas, um novo corredor de acesso vai se criar e a manutenção deste projeto é fundamental. Feito isto, o projeto é aprovado no Badesc, com as pequenas modificações já feitas e a Via Pav retoma os trabalhos. Querer mudar o projeto original é penalizar a população.

Publicado em Economia por admin. Marque Link Permanente.

Sobre admin

Paulo Marques é formado em Administração de Empresas pela FAE/PR e em Direito pela UNIPLAC. No jornalismo, atua desde os anos 90, com passagens pelas rádios Clube, UDESC FM e 101 FM. Na televisão, passou pelas tvs SCC, Tele Câmara, TV Univest e Nova Era TV. Escreveu para vários jornais de Lages e de Curitiba/PR.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.