Está faltando assessoria de comunicação.

Nestes 100 dias de administração do prefeito Elizeu Mattos, chamou mais a atenção do que qualquer obra feita ou deixada de ser feita, suas infelizes declarações a imprensa, senão vejamos. Tudo começou com a desastrada entrevista concedida ao CL de página interna em que o alcaide afirmou que estava assustado. Assustado estou eu, pois se o Prefeito afirma isto imagine quanto assustados ficaram os munícipes. Depois o ex deputado, que deixou Lages sem representação na Assembléia, afirma que era melhor ser deputado do que Prefeito. Deveria estar se referindo as incomodações, e agora afirma que se os Governos Federal ou Estadual estivesse disposto a investir 20 milhões em Lages não iria adiantar pois não existem projetos. Afirma isto na semana em que a Ministra Ideli Salvatti esteve em Lages assinando ordem de serviço no valor de 24 milhões de reais para saneamento básico, fruto de projeto de seu antecessor na Prefeitura. Como o próprio Prefeito me falou que iria manter a assessoria de comunicação social vinculada ao gabinete para que ele tivesse controle da situação, não transformando em uma secretaria como eu sugeri, seria interessante que alguém mais próximo ao Prefeito e de sua

100 dias

100 dias

credibilidade encostasse no mesmo e lhe desse alguns conselhos. Não seriam aqueles áulicos que o rodeiam na Maria, mas talvez alguém do gabarito do Jackson Martendal ou do Edézio Caon, que talvez pudessem lhe dar o conselho de medir as palavras antes de lhes lançarem ao vento. Tudo ficaria melhor.

Publicado em Política por admin. Marque Link Permanente.

Sobre admin

Paulo Marques é formado em Administração de Empresas pela FAE/PR e em Direito pela UNIPLAC. No jornalismo, atua desde os anos 90, com passagens pelas rádios Clube, UDESC FM e 101 FM. Na televisão, passou pelas tvs SCC, Tele Câmara, TV Univest e Nova Era TV. Escreveu para vários jornais de Lages e de Curitiba/PR.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.